Panorama Local

Abertura da caixa preta do BNDES... O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deve iniciar, hoje (19), a divulgação de relatórios que detalham empréstimos feitos a pessoas físicas com taxas de juros abaixo do patamar do mercado financeiro. Entre os empréstimos, está o financiamento da compra de aviões particulares. Um dos compradores que deve exposto é o apresentado da rede Globo, Luciano Huck, que usou R$ 17,7 milhões do banco desenvolvimentista para financiar a compra de um jatinho em 2013. O apresentador tem feitos críticas ao presidente em um aparente ensaio para uma futura campanha presidencial.

Coaf será transferida para o BC... O Conselho de Controle de Atividades Financeiras será transferido do Ministério da Justiça para o Banco Central, hoje (19), via medida provisória assinada pelo ministro Paulo Guedes. A entidade é responsável pela prevenção e combate à lavagem de dinheiro. A transferência acontecerá simultaneamente com mudança na presidência da entidade. O atual presidente, Roberto Daniel, será substituído por Ricardo Liáo, que já atua como diretor no conselho. Foi a Coaf que apontou, em dezembro de 2018, movimentações atípicas de R$ 1,2 milhão na conta do ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), Fabrício Queiroz.

Oi busca financiamento... Uma das maiores empresas de telecomunicações do Brasil, a Oi, passa por um difícil momento financeiro, correndo o risco de exaustar seu dinheiro em caixa até fevereiro de 2020. A empresa é a maior operadora de telefonia fixa e a quarta maior de telefonia móvel no Brasil. Caso ela não encontre uma fonte alternativa de financiamento, ela pode ser forçada a congelar suas operações, o que pode gerar grande impacto sobre o setor de telecomunicações do Brasil.

As informações que detalham a saúde da empresa são oriundas de relatório apresentado à Anatel, que regula as teles no Brasil. Agora, a Oi estuda várias fontes alternativas para fortalecer o seu posicionamento de caixa: emissão de novas ações, venda de ativos, dívidas com garantias estruturadas, entre outras.

Pacto Federativo... O ministro da Economia, Paulo Gudes, deve dar início as discussões em torno do Pacto Federativo com senadores esta terça-feira (19). A iniciativa busca empoderar os estados e municípios com recursos que atualmente são retidos pelo Governo Federal. Um dos itens que deve ser discutido é o fim da Lei Kandir, que impede os estados de definirem as suas próprias políticas tributárias de exportação.

Na agenda... Em dia de agenda de indicadores morna, os destaques são a divulgação da 2ª prévia do IGP-M de agosto pela FGV (8h) e do Boletim Focus pelo Bacen (8h25).

Fonte: Guide Investimentos

0 visualização
  • Legis Maxima
  • Instagram
png android.png

©2019 by Legis Maxima

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now