Panorama local

Câmara aprova Previdência em Segundo Turno... A PEC 06/2019 foi aprovada por 370 a 124 votos, em segundo turno na Câmara dos deputados, nesta madrugada (07). O resultado foi menos expressivo do que na primeira rodada, onde o placar registrou 379 votos favoráveis e 131 contrários, mas o número menor, tanto de deputados que apoiam quanto dos que rejeitam, demonstra que a alteração é resultado de quórum mais baixo (-15), em outras palavras, menos parlamentares presentes em Plenário. Entre os presentes, somente 1 ou 2 deputados devem ter alterado seus votos entre os dois turnos. 

Vale ressaltar: O Ibovespa atingiu máxima histórica de 106.221 pontos no dia após à aprovação em primeiro turno na Câmara. A segunda rodada não deve impulsionar o índice de tal forma, logo que aprovação já é mais que esperada. Mesmo assim, o progresso no trâmite da PEC 06/2019 deve revigorar o apetite de investidores por ativos de risco. 

Ainda restam os destaques... O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pretendia votar alguns dos destaques, votos separados que removem trechos específicos da proposta, ontem à noite, mas seu plano não se concretizou. Sempre cauteloso, o líder da casa legislativa adiou a votação dos destaques após o corpo do projeto ser aprovado às 00h40. Maia não gosta de votar propostas importantes quando o Plenário está cansado. Os 8 destaques supressivos apresentados devem ser votados hoje de noite ou na noite seguinte (08). 

7 destaques que reduzem a economia... A oposição (PT, PCdoB, PDT, PSB e PSOL) apresentou 7 destaques que pretendem remover trechos que aumentam a economia do governo, endurecendo as regras das aposentadorias. Os sete trechos tratam da pensão por morte, do Benefício de Prestação Continuada (BCP), da penalidade de transição, do cálculo, do abono salarial, do tempo de contribuição e das contribuições abaixo do piso. Caso o governo não consiga apresentar 308 votos contrários a cada um destes destaques, a economia atualmente prevista pelo projeto pode ser reduzida substancialmente. 

1 destaque pretende aumentar a economia... Em direção oposta aos partidos de esquerda, os liberais do Novo apresentaram destaque que visa aumentar a economia do governo. O destaque visa excluir modelo de transição que ameniza as regras de aposentadoria, tanto para trabalhadores do setor privado como do setor público. O posicionamento do governo diante este destaque ainda não está claro.

Tamanho da economia... Segundo o ministério da Economia, a versão atual do projeto garante, durante período de uma década, economia de R$ 933,5 bilhões de reais. Mas de acordo com ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga, a economia é de R$ 750 bilhões. Porém, mesmo utilizando o cálculo mais conservador do economista, quando se adiciona as economias gerada pelas novas ferramentas antifraude e a possível inclusão de estados e munícipios através de PEC paralela no Senado, o número magico de R$1 trilhão de reais pode ser alcançado.

Na agenda... O principal destaque da agenda local será a divulgação das vendas no varejo de junho, às 9h. A mediana das previsões vê expansões de 0,6% no conceito ampliado e de 0,5% no conceito restrito. Na agenda corporativa, Gerdau divulga seus números antes da abertura e Braskem, após o fechamento.


Guide Investimentos
0 visualização
  • Legis Maxima
  • Instagram
png android.png

©2019 by Legis Maxima

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now