Mulher que teve conta bancária invadida será indenizada em R$ 3 mil por danos morais

A 6° Vara Cível de Vila Velha condenou uma instituição financeira a indenizar uma cliente que teve sua conta bancária invadida. Na decisão, a juíza estabeleceu o pagamento de R$ 3 mil, por dano moral, e a restituição do valor movimentado da poupança da autora.

Consta nos autos que a cliente do banco, observou diversas movimentações em sua conta bancária, e então contatou a instituição financeira para que fosse cancelado o cartão de crédito da requerente e também que fossem tomadas as devidas medidas.

Porém a autora da ação disse que embora ela tenha informado a instituição financeira, nenhuma medida foi tomada, e por mais uma vez foram realizadas transações em sua conta bancária.

A magistrada examinou o conjunto probatório e entendeu que “É incontroversa a ocorrência de saques indevidos na conta da parte autora, bem como a falha no sistema de segurança da requerida”, pontuou. Na decisão, a juíza entendeu que houve falha por parte da instituição financeira, que deve zelar pelo bom funcionamento do sistema contratado pela cliente. Por esse motivo, condenou a requerida a indenizar a autora em R$3 mil, por dano moral, além de restituir o valor movimentado de R$ 24.734,21.

Processo nº 0017827-90.2018.8.08.0035




2 visualizações
  • Legis Maxima
  • Instagram
png android.png

©2019 by Legis Maxima

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now