APÓS LUCRO RECORDE, PETROBRAS PAGARÁ R$ 2,6 BILHÕES AOS ACIONISTAS

Depois de registrar o maior lucro trimestral de toda sua história, alcançando a marca dos R$ 18,8 bilhões, entre os exercícios de abril e junho deste ano, a Petrobrás (PETR3;PETR4), aprovou a distribuição antecipada aos acionistas, sendo esta realizada na forma de juros sobre o capital próprio (JCP), no valor de R$ 2,6 bilhões.


O valor equivale a R$ 0,20 por ação ordinária e preferencial em circulação, fazendo com que equivale-se um dividend yeld (dividendo pago por ação em relação ao valor do papel) de 0,70% e 0,78%.


Segundo a empresa o principal fator que alavancou os ganhos no período foi a venda da TAG por R$ 33,5 bilhões para a Engie.


Perante o balanço verifica-se que o lucro ajustado da petroleira, foi de aproximadamente R$ 5,2 bilhões no segundo trimestre, sendo esse valor na verdade, metade do que foi obtido no mesmo exercício do ano anterior (2018).


0 visualização
  • Legis Maxima
  • Instagram
png android.png

©2019 by Legis Maxima

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now